• Santos SP (13) 3221-4244 | São Paulo - SP (11) 5084-1641 | João Pessoa PB (83) 3031-6542 | Campina Grande PB (83) 3341-5354
  • contato@drmariomedeiros.com

 

A falta de cabelos ou de pelos pode ser um problema para muitas pessoas. As causas podem ser genéticas ou resultado de traumas e cicatrizes, mas os efeitos são os mesmos: baixa auto-estima e problemas de imagem corporal. Quem tem este tipo de problema pode encontrar na cirurgia plástica de transplante capilar um aliado importante. Técnicas cirúrgicas de transplante capilar incluem enxertos com punch, mini-enxertos, micro-enxertos, e enxertos de unidades foliculares. Retalhos, expansão tecidual e redução de couro cabeludo são procedimentos indicados para pacientes que necessitam conduta mais drástica.

A cirurgia de restauração capilar, ou de transplante capilar, pode atender diversas demandas de pacientes que se apresentam ao cirurgião plástico. O denominador comum é a falta de cabelo ou de pelos. A maioria dos pacientes é composta por homens de 25-65 anos de idade com alopécia androgenética (calvície herdada do lado paterno e/ou materno).

A queda de cabelo é causada, principalmente, pela combinação de envelhecimento, alteração hormonal e histórico familiar de calvície. Como regra geral, quanto mais cedo se inicia a queda capilar, mais severa a calvície se tornará. A queda de cabelo também pode ser causada por queimaduras ou trauma, caso em que a cirurgia de transplante capilar é considerada um tratamento reconstrutor.

Se você e seu médico chegarem à conclusão de que o transplante capilar é a melhor opção para você, fique tranquilo, pois cirurgiões plásticos credenciados já realizam este procedimento há mais de trinta anos.

Diz-se que a calvície é causada pela má circulação no couro cabeludo, deficiências de vitaminas, caspa e até mesmo pelo uso excessivo de chapéu. Todas estas teorias foram desmistificadas. Também não é verdade que a perda de cabelo esteja associada à calvície do avô materno, ou que homens de 40 anos de idade, que nunca tiveram queda de cabelo, não serão calvos.

A cirurgia de transplante capilar pode melhorar a sua aparência e autoconfiança, mas, os resultados podem, não necessariamente, corresponder ao seu ideal. Antes de decidir fazer a cirurgia, pense cuidadosamente sobre suas expectativas e as discuta com o seu cirurgião. É importante entender que todas as técnicas de transplante capilar usam seu próprio cabelo. O objetivo da cirurgia é encontrar o uso mais eficiente para o cabelo existente. Candidatos à cirurgia de transplante capilar devem ter crescimento capilar saudável na parte de trás e nas laterais da cabeça para servirem como áreas doadoras

 

 


Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)

 

 

 

Menu Mobile